sexta-feira, 20 de janeiro de 2012

querido.

o que desejo pro nosso amor. é que você consiga amar muitas mulheres.
te tranquilizo. as minhas preocupações estão voltadas pra essência da água.
e passei o dia observando aquela porta que desenhei pra voc|ê. antes de saber quem era.
e a mesura.

"nos olhos de vidro/ tenho você/ fragmentado"



reparou hoje que todas as pessoas do mundo fizeram um verso que falava de ausência?

 penso que o mundo será salvo pela poesia. e a noite com o tempo não irá mais existir. sinta a distribuição do tempo e a rotação da terra.

com amor,

dani
 (queria  me inventar outra pra te agradar.  farei um fake meu com o meu próprio nome. eu que não existo serei eu mesma. mas ainda vou refletir mais sobre essa ideia.)

6 comentários:

  1. daquele que é tantos e todos e quase nenhuns... e o amor por entre as frestas do tempo e de todos os lugares vazios.
    beijo, dani!

    ResponderExcluir
  2. Saudades de vc....Bjos!Sil

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. que marzão flor-de-maracujá.

      um beijo

      Excluir
  3. palavras para se tatuar nas mãos e dançar.
    como pode ter tanto? te adoro ate nas ausencias

    ResponderExcluir
  4. :)

    brinca de dançar é bom
    com vc é muito bom. é acreditar que se dança mesmo.

    ResponderExcluir

eu não sonhei, sonhei.